20/11/2017, 05:46

Denise Cursino

49º Festival do Folclore registra público de 50 mil

Na próxima edição, em que o Festival completa 50 anos, o estado homenageado será São Paulo, em especial, a cidade de Olímpia.

Durante nove dias, a cidade de Olímpia foi palco das mais diversas manifestações culturais de norte a sul do Brasil. Isso porque o 49º Festival do Folclore terminou no último domingo (28/7), com a apresentação de 72 grupos vindos de 15 estados diferentes. Cerca de 50 mil pessoas acompanharam a programação, que contou com apresentações no palco principal, minifestival, gincana de brinquedos, seminários de estudo, peregrinação e campeonatos esportivos.

Foram 109 apresentações no palco principal, que recebeu os 72 grupos, sendo 52 folclóricos, 18 parafolclóricos e dois balés folclóricos. Além do estado homenageado nesta edição, Mato Grosso, participaram do Festival grupos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Pará e Maranhão.

Para o secretário de Cultura, Turismo, Esportes e Lazer, Guto Zanette, a frente fria pegou todos de surpresa. “Tivemos um balanço muito positivo. A nossa expectativa com relação ao público era maior, mas tivemos a questão climática que não nos favoreceu. No geral, o Festival do Folclore foi ótimo. Ficamos contentes com o empenho do Mato Grosso em trazer 13 grupos e ainda enriquecer a nossa cultura. Agora, temos que nos preparar para os 50 anos”, comenta.

Além da programação, a Vila Caipira, um espaço de convivência e interação entre grupos e público, ficou movimentada durante os dias de evento. Montada no Recinto de Exposições, o local comercializou comidas típicas e teve apresentações de música raiz. A Vila Caipira é composta pela Casa do Caipira, Igreja de Santos Reis, coreto, Casa de Taipa (em homenagem ao Rio Grande do Norte) e o Galpão Crioulo (ao Rio Grande do Sul).

“Apesar do frio intenso, o público foi bem satisfatório e continua fiel ao Festival do Folclore. Tudo transcorreu na mais perfeita ordem, sem nenhuma ocorrência. Os grupos saíram de Olímpia já deixando saudades. Recebemos muitos elogios com relação à alimentação e alojamentos e também pela receptividade do povo olimpiense”, destaca Paulo Duarte, presidente da Comissão Organizadora.

No próximo ano, o Festival do Folclore de Olímpia irá completar 50 anos. O Estado que será homenageado já foi escolhido: São Paulo. “Vamos homenagear o Estado de São Paulo, pois é nele que está a nossa cidade Olímpia, onde é realizado o Festival do Folclore há 49 anos. Para comemorar em grande estilo o cinquentenário vamos homenagear o nosso estado”, explica Maria Aparecida de Araújo Manzolli, coordenadora dos festivais.

O Festival do Folclore de Olímpia foi realizado pela Associação Olimpiense de Defesa do Folclore Brasileiro, Prefeitura Municipal de Olímpia e Secretaria de Cultura, Esportes, Turismo e Lazer, com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e ProAC ICMS – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo, e patrocínio do Guaraná Antarctica, Brahma e Guarani. Este projeto cultural foi elaborado pela Fama Produções e Consultoria.

Texto: Mayla Pinheiro – BoniPeixe Comunicação

Foto: Divulgação

 

Comentários