21/08/2018, 04:52

Denise Cursino

Renata Finotti lança o seu primeiro CD “Tesouros”

Renata Finotti por Alina Amaral

Fonte: Eliana Zani e Gigi Accioly

Foto: Renata Finotti nos bastidores da gravação do CD “Tesouros” (Foto: Alina Amaral | Divulgação)

Com lançamento previsto para o primeiro semestre deste ano, o CD de Renata Finotti, intitulado “Tesouros”, traz composições inéditas de compositores brasileiros e regravações de alguns clássicos

Renata Finotti apresenta em seu primeiro CD dez composições que passeiam por diversos gêneros e épocas do cancioneiro popular, como a modinha romântica “Lua Branca” de Chiquinha Gonzaga, composta em 1912; e a censurada durante o regime militar, “Pequeno Mapa do Tempo” de 1977, do renomado compositor Belchior. Uma música de tradição oral hispano-americana — alma da querida Venezuela com suas influências espanhola, negra e indígena –, “Pajarillo Verde” ganha interpretação da cantora.

O CD conta com a participação especial de Luiz Salgado (cantador e compositor mineiro) na faixa “O Canto do Rouxinol”, composta na modalidade Décima, de autoria dele com Rodrigo Ferrero. Ganham também registros as composições “Zóio de Foia” da compositora paulista Bruna Moraes, e a inédita “O Amor”, do amigo e compositor paulista Osvaldo Borgez. Dante Ozzetti e Ceumar estão representados na voz da intérprete com “Ciranda”.

Há no CD três músicas de compositores nordestinos, uma delas inédita, “Tesouros” do pernambucano Rômulo Melo; “Ser-te-ei teu” dos alagoanos Junior Almeida e Ricardo Cabús, e “Canção de Esperança” da paraibana Flavia Wenceslau.

Produzido e arranjado pelo músico Dinho Zampier, o disco apresenta sonoridade delicada e regional, com arranjos concebidos de forma a valorizar a poesia e a expressividade das canções e o timbre aveludado da cantora.

A formação instrumental do disco, gravado em forma acústica, contou com violões de 6 e 12 cordas; viola e guitarra (Alexandre Rodas); violão de 7 cordas (Wilbert Fialho); teclados (Dinho Zampier); contra-baixo elétrico (Ykson Nascimento); bateria (Maglione Santos); percussão (China Cunha), além de participações de um quarteto de cordas (Almir Medeiros, Olívio Fernandes, Isabele Rocha e Abda Pinheiro); bandolim (Bruno Palagani); acordeom (Janeo Amorim e Milla do Accordeon); flauta (Almir Medeiros) e piano (Billy Magno).

Sobre Renata Finotti

Nascida em 1984, na cidade São Paulo (SP), desenvolveu seu gosto pelo canto no início da adolescência. Nesta mesma época, se apresentou e participou de programas de Rádio e TV no Estado de São Paulo tendo como referência um rico e refinado repertório de música brasileira.

Apesar de envolvida e motivada pelo universo artístico, a alternativa profissional foi buscada através do ensino universitário em Enfermagem e Direito.

A mudança para Maceió (AL), no ano de 2013, lhe possibilitou retomar o antigo sonho: o de cantar.

Renata Finotti é elogiada entre seus pares pelo seu timbre, afinação e repertório. Desde 2015 tem produzido seus projetos musicais, participado de festivais de música, culminando na gravação de seu primeiro compact disc (CD) “Tesouros”.

Renata Finotti por Alina Amaral

Comentários