21/10/2018, 10:16

Denise Cursino

Bar do Cidinho é bicampeão do Comida di Buteco de 2018

PREMIAÇÃO_COMIDA DE BUTECO_SÃO JOSÉ DO RIO PRETO_2018_GUILHERME DI CURZIO_-104

Fonte: João Vitor Melo – Comunic

Foto: Guilherme Di Curzio

“Carga Pesada” foi o petisco usado pelo Bar do Cidinho para conquistar, pela segunda vez consecutiva, o título de melhor bar de Rio Preto

 Pé quente. O Bar do Cidinho, que fez sua estreia na edição passada, é bicampeão em Rio Preto do Comida di Buteco, a disputa mais saborosa do Brasil. O anúncio foi realizado durante premiação na última quarta-feira, dia 6 de junho. O boteco levou o prêmio com o petisco intitulado “Carga Pesada”, bolinho carreteiro recheado com muçarela, acompanhado de molho especial.

Cleusa Helena dos Santos Adami, filha de Alcides Lazaro dos Santos, proprietário do Bar do Cidinho, que havia subido ao palco para passar a faixa, acabou surpreendida com o anúncio de bicampeão. Segundo Helena, o título foi uma grande alegria. “Pela segunda vez, alcançamos essa conquista, que para nós é sinônimo de trabalho, dedicação e muito amor. Não dá para colocar em outras palavras nosso sentimento de orgulho e satisfação”, afirmou.

O segundo colocado na competição foi o Bar Vila Aurora, com o “Canoa Quebrada”, pastéis abertos em formato de canoa recheados com carne de siri ao molho, cobertos com muçarela gratinada e camarão. Já a terceira colocação ficou com o estreante Chimboca, boteco de Mirassol. O petisco foi a “Pimenta do Chimboca”, pimentas recheadas com carne moída e carne seca.

A próxima etapa do Comida di Buteco é a competição nacional, que será realizada em São Paulo, no dia 23 de julho. Os bares campeões concorrerão ao título de melhor boteco do Brasil.

Receita de Carinho Dona Benta

 Nesta edição, o Comida di Buteco realizou uma competição à parte, a “Receita de Carinho Dona Benta”, cuja regra era criar um petisco que levasse na composição produtos da marca Dona Benta.

O boteco Clube da Esquina conquistou a disputa paralela com o “Veaco do Clube”, bolinho de arroz recheado com carne seca e catupiry. A premiação foi em dinheiro e o bar faturou R$ 1,5 mil.

Participar do desafio não era obrigatório, ou seja, o bar optava se quisesse ou não estar na disputa.

O Comida di Buteco

O concurso foi criado em 2000 com a missão de transformar vidas através da cozinha de raiz – boteco extensão de sua casa. Ao longo dos 17 anos de sua criação, tem desenvolvido um importante papel de fomento à cultura e culinária de boteco, contribuindo de maneira relevante para o desenvolvimento desse setor. Concurso pioneiro nesse segmento, ao chegar a todas as regiões do Brasil, se consolida como o maior do gênero no País.

PREMIAÇÃO_COMIDA DE BUTECO_SÃO JOSÉ DO RIO PRETO_2018_GUILHERME DI CURZIO_-104

 

 

 

Comentários